sábado, 7 de agosto de 2010

Um Deus impotente




Toda recusa e aversão a Deus, reside muito mais por causa da idéia de uma necessidade lógica da existência de Deus. Do que no próprio fato de existir um Outro Alguém além e maior do que nós. Pois se precisamos de uma origem, logo: (silogismo dos ateus) segue que também Este que nos criou necessitaria de um principio, e assim infinitamente.

Mas como de fato e concretamente existimos, e isso independente de termos ou não a necessidade de uma causa primária, mas no mínimo como fruto puro da mais livre casualidade da vida, Ele também pode existir sem a necessidade matemática de ter que consistir em si por que nós existimos como conseqüência Dele. Pois se segundo os materialistas: nós existimos sem criador, logo Deus também esta livre para ser quem é, sem necessitar de uma origem anterior a Ele, como eles alegam.

Portanto conclui-se que sua existência é tão milagrosa quanto a nossa, e tão desobrigada de ter um outro Criador sobre Ele, como nós também existimos sem necessariamente de precisarmos que alguém tenha nos modelados do nada. Pois se a matéria e a energia em movimento na “terra” proporcionaram a existência de seres inteligentes como nós, porque também não poderia acontecer o mesmo no “céu” num grau de perfeição muito maior? De um jeito ou de outro sua existência é tão possível quanto é real a nossa vida, quanto é concreto a nossa existência.

Mas tal Deus não é para os homens um deus Todo poderoso que cria a matéria que não existia antes Dele. Mas antes um Deus que apenas da forma a matéria bruta e inerte que já existia sem formato junto com Ele no vazio e imensidão do espaço. Neste caso Deus realmente não tem Todo o poder ou não precise criar do nada, mas é a energia que assopra e dirige o cosmo num processo evolutivo que culmina na vida inteligente e sensível dos seres “criados”.

Ele é só pode ser de fato o condutor desta força inteligente da vida que tudo faz, sem Criar; que tudo diz, sem falar: e que tudo Rege sem dominar. Talvez não possa ou não queira nos ouvir, mas que esta totalmente junto conosco e anterior a nos na existência. Um Deus “impotente” e que por isso não mais será usado pelos homens, mas um Deus “leve”, livre e consciente que não faz planos para nós descobrirmos quais são, e nem tem propósitos de nos testar e aprovar apenas a minoria, mas que flui levemente sobre a natureza permitindo que a vida tenha seu único significado sagrado: Existir.


Gresder Sil

escrito em 19/07/10

Texto correspondente: “O direito de não crer” na coluna direita do blog.

23 comentários:

***Adriana Rocha*** disse...

Deus “leve”, livre e consciente que não faz planos para nós descobrirmos quais são, e nem tem propósitos de nos testar e aprovar apenas a minoria, mas que flui levemente sobre a natureza permitindo que a vida tenha seu único significado sagrado: Existir.


É isso tão simples que não conseguimos fazer valorizar essa dádica que é viver, adora-Lo todos os dias por isso e pelas, graças, livramentos, pelas lutas ate... pelas lágrimas diante um sonoro "Não de Deus", mais o alivio imediato quando você recebe mais que merecia e Deus é tão bom "realmente é farta sua mesa" que você agradece pelas lágrimas, é bom depender de Deus e ter certeza que assim fica mais dificil de errar.
Não é uma receita dicifil, dois ingredientes "Adore-O, pela dádiva, e obede a Ele para que seja bons seus dias na terra" muito simples tão simples que quase nunca conseguimos fazer... beijos e amei seu texto.

Folhas de Andreza disse...

Gresder Sil ...
Não quero julgar nada e ninguém...desculpa se de alguma forma eu lhe ofendi,não foi a minha intenção. Saiba que a mulher Andreza que fala em suas palavras de amor,
carinho,afeto,desejo,malícia...também sabe falar de Cristo.
Também leio a palavra que Ele nos deixou,e Ele quando pregava o Evangelho,pregava a todos os seres vivos,sem "distinção nenhuma"...coisa que neste momento vc não o fez...Lamentável!!!
Cristo,não é religião,é coração,não precisamos gritar,Jesus escuta nosso coração,é silencioso,mas está sempre ao nosso lado.
Estou tão pertinho de vc,que ao invés de me descriminar,deveria me convidar a conhecer teu “endereço” a Igreja Assembléia de Deus do Belém em Campinas SP...mas não,a tua retidão me julgou antes mesmo de me conhecer..."Pecado?!!"
Mas Cristo sabe que vc tem um bom coração...não é mesmo?!!!!
Bem querido,mesmo assim desejo a vc que a cada dia encontre motivos a mais para ser feliz,vivendo e celebrando cada dia que Cristo generosamente nos dá de presente,independente do coração de cada um,afinal,todos somos filhos Dele,não é mesmo?!!!! Tenha um lindo e abençoado domingo junto aos teus amigo,familia e igreja.
Bjks doce no teu ♥ .

Sem mais, Andreza.
ps: Já não sentirás vergonha,pois não estou a sujar teu blog...Desculpa!

Folhas de Andreza disse...

...quando tiver um tempinho de uma olhada...

*http://coisasdeandreza.blogspot.com/2010/06/reflexao_18.html

*http://coisasdeandreza.blogspot.com/2010/06/reflexao.html

Senhor,
desvela-me os olhos,cegos de orgulho...
abre-me os ouvidos,surdos de vaidade...
sensibiliza-me o coração,duro de egoísmo...
para que eu descubra Tua divina presença
na intimidade de meu ser...

Eduardo Medeiros disse...

Pelo visto a Andrezza ainda não conhece a figura...

Gresder, é por isso que eu sou seu fã!!! Argumentos perfeitos. OU quase perfeitos. Eu só não deixaria Deus junto com a matéria, como se fossem duas coisas separadas. Como eu percebo, Deus, matéria, consciência, vontade, inteligência, bicho, gente, rato, passarinho, água e estrelas, tudo faz parte do "corpo de Deus", logo, ele não deve ser capaz de estar "fora" do seu próprio corpo.

No mais, parabéns pelo sintético e inteligente texto.

Gresder Sil disse...

Rsrs Andreza sabia que se tratava mais de teoria do que de pratica, pois se você conhece bem o homem e arte de fletar e seduzir você descobriria que eu fiz isto para te instigar, para trazê-la até aqui com revelações mais particulares de sua pessoa como você fez desta vez e não com comentários impessoais fora de foco rsrsr

O que foi que eu disse em meu comentário lá? Que eu não era moralista! Portanto você não suja meu blog, mas o prestigia com um estilo diferente.

Eu retirei seu comentário primeiro para chocar você, alem do que, porque você não comentou meu texto mas deixou um trecho de uma musica, o que me pareceu que era para me chamar atenção para eu me tornar leitor e comentador de seu blog.

Segundo achei muito teórico seu blog, já que você não se identifica e por isso quis exercitar a arte de fretar com você, mas você me julgou religioso. Pois imaginei que seus textos e perfil enigmático atraem os leitores e eu não se permitindo seduzir iria te chamar atenção mais do que você a minha...

Gresder Sil disse...

Outra coisa eu não convido ninguém para a igreja pois não desejo esta mal para ninguém rsrs
E pelo menos você podia pegar no seu e-mail meu comentário que te rancou uma foto e um comentário tão emocionalmente pessoal.

Gresder Sil disse...

Adriana este texto revela diferença do deista e do pietista como eu tinha falado com você ao telefone.

O deista, eu no caso, acredita em Deus, mas não no Deus que se relaciona diretamente com o individuo, mas em um Deus cuja relação com os homens é indireta em sua intuição e psique.

já o pietista, você no caso rsrs seve deus de forma muito pessoal e que interage mais ativamente na vida das individual das pessoas e não de forma generalizada e impessoal na humanidade

Folhas de Andreza disse...

Lindo...nunca tive intenção de ter "seguidores"...o faço por gostar...lê quem quer,critica quem tem razão...ou quem não sabe fazer = ou melhor...(rsrs)...bem não é o seu caso!
Se eu deixei um trecho de música,e que não tinha a ver com teu post,desculpa outra x...mas meu ♥ sentiu esta vontade,não pra que vc viesse me visitar ou seguir...(o espaço reservado a isso foi colocado por pedidos,pois até então eu não o tinha),se cá entrei foi porque gostei...mas pra evitar qualquer comentários que não seja aquilo que vc espera...afinal quem ta na chuva é pra se molhar...bem mas este espaço é teu,mesmo publico é teu...
Moral ou não...só conhecendo a fundo pra saber..e isso agora eu não posso dizer...porque pra isso preciso olhar nos olhos,conhecer detalhes,analizar...me identificar ou não é um critério meu...pois se isso o faz feliz...a fotinha ta lá...( cuidado!!! o coração tá em dia?rsrsrsrs)..e bem...vasculhar o email...já era...foi se pro lixo...
bem bjks doce ♥...ps:não igreja não é mal não...as x faz bem...(alguns tem fogo pra queimar no marmore...rsrsrsrs)...fui!

Folhas de Andreza disse...

Edu Medeiros...dê tempo ao tempo...eis o melhor remédio!

Gabriel Nagib disse...

Gresder, Gresder... belo jogo de palavras. Um deísta nato, isto você é.

Seu deus é energia, embora não exista isto, algo como "energia pura". Energia é propriedade. Seria uma força que conduz todo o processo criativo do universo.

Poético, mas desnecessário, e ilusório. Talvez menos ilusório do quê o deus dos teístas, mas ainda assim, ilusório.

Nós, humanos, como seres conscientes, temos necessidade de uma origem. Nossos ancestrais na evolução, a matéria, o universo. Mas não de um criador, como alegam os teístas.

Não vejo, e a maioria dos cientistas também não, nenhum "design". Só discutimos sobre a existência por quê existimos, só questionamos a consciência por quê a temos.

O grande problema de qualquer deus, é sua suposta consciência, sua mente. Ora, só por quê nós humanos a temos, não quer dizer que ela exista por sí só de forma etérea no universo, sendo qualidade de algum ser imaterial. Quanto mais a ciência avança, na área da física e da neurociência, menos possibilidade de haver uma "consciência cósmica" há.

E deísmo continua sendo para mim apenas um jogo de palavras.

Marcio Alves disse...

GRESDER SIL

Só estou aqui no sofá assistindo onde você irá parar com toda esta metamorfose evolucionista.

Sim! O processo para o ateísmo de vez é o mais sutil, leve e devagar possível. Inicia-se por negar personalidade e moral em deus, depois à total descrença das imagens construídas por todas as religiões, em seguida o tem como uma força cósmica inteligente e semi-consciente, e por fim, quando você não mais perceber, desembocará no total ateísmo!

O seu consciente hoje pode negar isto, pois como sempre ele é em todos nós, o ultimo a saber, porém, não o seu inconsciente.....e ele, o inconsciente, diz que você não mais acredita em deus, apenas não caiu a sua ficha ainda, não conseguindo encarar e dar conta desta verdade tão real em você e pra você, como o ar que você mesmo respira.

Talvez você consiga se enganar pelo resto da vida, mas que lá no seu inconsciente você é ateu, isto você é, restando o negar ou aceitar este fato em sua vida.

Obs: Ainda lerei uma própria postagem escrita por você, onde você defenderá o ateísmo.

Espere e verás!!!!

Eduardo Medeiros disse...

Ora, se até o queridinho dos atues, Dawikns vê design na natureza...(é só ler o "relojoeiro cego"). Ele reserva várias e várias páginas onde se mostra encantado com a complexidade do radar dos morcegos só prá dizer que ele é efeito da evolução. O nosso radar, foi inventado conscientemente e inteligentemente, tomando por inspiração o radar natural dos morcegos mas o radar dos morcegos foi formado por uma sequência improvável de "erros" e "acertos" aleatorios...

Eduardo Medeiros disse...

E aí, Gresder, nosso futuro é o ateísmo? O marcinho já evoluiu e já chegou lá...

Levi Bronzeado disse...

GRESDER

Dando asas a imaginação...

Às vezes, sinto um Deus impotente que peleja e enfrenta perigo a todo momento, treme e tropeça dentro de mim, e torna a se erguer, mostrando-me os seus diferentes rostos,que variam conforme o meu olhar,o meu paladar e o meu olfato, e se renova à medida que a minha mente é renovada.

No íntimo relampejo de minha vida, sinto Deus se apoiando em mim, como se quisesse dizer: "A tua luta é a minha luta".

Marcio Alves disse...

EDUARDO

O meu consciente ainda não foi avisado pelo meu inconsciente de que eu já virei um ateu.....por enquanto estou na fase, pensando em permanecer até os meus olhos fecharem para abrirem (?) no além (?), agnóstico, pois nem as certezas da crença teista ou deista me satisfazem, como também as certezas da não crença ateia.

Por isso, escrevi um texto que estarei postando na minha próxima vez lá no blog outro evangelho, da minha convicção na duvida e duvida da convicção.

Os argumentos contra como a favor da existência de deus são os mais racionais, lógicos, humanos e finitos possíveis, portanto, vivo a duvida da certeza e tenho certeza da duvida!!!

Caramba, vou cobrar de você EDUARDO e do GRESDER, por já esta dando uma palhinha do meu texto mais recente que estarei postando em breve.

Gresder Sil disse...

Andreza são tantas emoções e mulheres rsrs que de tão preenchido meu coração eu não consegui me focar em uma só rsr e por isso eu acho que vou acabar sozinho em plena época de farta colheita kkkkkkkkkkkkkkkk

Sabia que eu leio sim seus bilhetinhos e acho maravilhosos

Querendo ou não eu vou passar sempre por lá mesmo que invisível.

Deixe seu endereço de e-mail e MSN no seu perfil

Gresder Sil disse...

Eduardo vem não! Nem o monismo “confunde” matéria com consciência.

E já que precisamos de um mapa e esboço na existências eu prefiro muito mais o deismo ao monismo ou Panteísmo.

Na realidade o Deismo é principal preferência dos filósofos, mas você sabe que “o deus dos filósofos não é o mesmo Deus de Abrão Isaque e Jacó” Pascal

Gresder Sil disse...

Gabriel, Gabriel... Belo jogo de palavras. Um materialista nato, isto você é.

Creio ser deus não energia pura, mas razão pura, às vezes penso ser inconsciente, mas outras penso ser o ser mais racional e consciente do universo.

Se creio como tu na possibilidade de poder existir outras formas de vida no universo, por que não na possibilidade de uma vida e consciência que veio antes de todas as outras formas de vida e as possibilitou?

É sim poético, desnecessário, e ilusório. Por isso impotente, pois se ele não é o criador absoluto então porque ele existir?

Mas logo que penso sei que existo e porque então ele não pode existir lá no “alto” assim como eu existe cá em “baixo”. As razões são equivalentes, nada provam ou desaprovam, em então pulamos para um outro modo de ver: a Fé.

Abraços destico para você, pois para mil seu materialismo não passa de jogo palavras rsrs

Gresder Sil disse...

Marcio muitíssimo contundente seu comentário.

Você pode ate ter razão em meu inconsciente ser ateu, mas meu consciente ainda é plenamente crédulo.

Vejamos:
Meu ateísmo o é apenas do teísmo de uma necessidade da existência de Deus. Logo que creio não ter esta necessidade, as possibilidades de existência e não existência são as mesmas então um ateísmo total seria apenas escolha e não me convenceria.

Segundo:

Conforme você mesmo disse de uma metamorfose evolucionista que se processa em mim, como eu me limitaria numa visão tão dogmática como o ateísmo que burramente e teimosamente encerra esta questão impossível de ser resolvida?

É terceiro: é que no empate da razão a fé é um sentimento do coração de outro plano de experiência e perspectiva. E você sabe que “o coração tem razões que a razão desconhece” rsrs Pascal de novo

Gresder Sil disse...

Levi sou totalmente contra a idéia de um deus que protege certos indivíduos e que deixa os outros a mercê da vida, mas intimamente a mais de dez anos eu me sinto totalmente protegido e guiado por um Deus que comigo luta e comigo torna relativo todos os males humanos.

Me sinto imunizado na vida, todo mal do mundo não pode ser absoluto em mim, toda dor desvio e fracasso não poderá aniquilar minha fé como certeza profunda na fidelidade e desfecho feliz que Ele tem para o mundo: mesmo que seja o nada absoluto!

Fé é fé, minhas experiências simples de crenças foram muito fortes para não serem arrancadas assim do meu coração, talvez agora mais do que nunca tenha sentido para nós as palavras do mestre da vida: “sejais como crianças para entrares no meu Reino”

Folhas de Andreza disse...

Email...Msn?!!!!!
Melhor não...deixa o teu...lá!
Maravilhosa semana pra ti...

BLOG RÁDIO disse...

Passando para prestigiar as abençoadas postagens, te convido para visitar a minha Web Rádio, que há 3 anos vem tocando 24 hs louvores avivados e mensagens edificantes...
acesse o nosso blog e confira nossa programação:
http://www.radiopentecostal.blogspot.com
Aceito Parceria = Troca de Banner.

Isa Medeiros disse...

Uma forma bastante lírica de defender a existência de Deus no molde judaico-cristão e renegar a reencarnação. Muito poético dizer o que tu disseste no parágrafo final, mas ele não informa absolutamente nada e tu sabes disso.

Não queres mais trocar de template? Fundo escuro pra blog de leitura ninguém merece (dica para todos).

Postar um comentário

.
“todo ponto de vista é à vista de
um ponto, nos sempre vemos de um
ponto, somente Deus tem todos os
pontos de vista e tem a vista de
todos os pontos.”
.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...