quinta-feira, 21 de outubro de 2010

O Cristo Assexuado e Mutilado da religião


A prova cabal de que o cristianismo ortodoxo vê a simples e normal sexualidade humana como algo impuro e pecaminoso é a aversão total dos cristãos à possibilidade provável de que Jesus teve atração sexual por mulheres. De forma que para eles imaginarem que Jesus teve desejos (tesão) sexuais como os nosso é algo inconcebível e praticamente uma blasfêmia só de pensar.

Pois para os cristãos: Cristo teria que ser puro para poder oferecer um sacrifício aceitável a Deus por nossos pecados, de forma que até mesmo a sexualidade masculina de Jesus foi negada nesta construção teológica romântica do evangelho de um cordeiro imaculado para propiciarão do pecado, que vê até mesmo o puro instinto humano como algo corrompido.

Mas neste caso por que então Jesus tinha todos os outros instintos humanos e este não? Porque em tudo Ele foi comum aos homens e na questão da sexualidade Ele foi assexuado, sem desejo ou impulso algum por mulheres? De onde vem esta tese que mutila Jesus de sua natureza humana? Assim sendo o corpo de Jesus nem produzia sêmen, e não tinha hormônios e testosterona que caracteriza os traços masculinos?

Mas absurdo mesmo, não é conceber que Jesus sentiu desejos sexuais por mulheres, pois Ele tinha a única característica que mantém qualquer homem casto apesar de sentir desejos que é a obstinação por uma causa: “a minha comida e minha bebida é fazer a vontade do meu Pai”. Mas sim mutilar um homem de sua virilidade sexual por acreditar que o próprio instinto sexual em si, já é algo impuro, pois para eles, para Jesus ser santo, nem isto Ele podia ter.

O cristianismo não só herdou o ascetismo das seitas judaicas do deserto e dos filósofos estóicos que acreditavam que o espírito era bom e detrimento da carne má. Como também foi construído paulatinamente por homens sexualmente mal resolvidos a qual tinham um problema serio com a questão do sexo, ao ponto de imaginarem que algo tão perturbador assim como a sexualidade, Jesus não teria. Vai chegar um dia na qual os crentes por acharem que os órgãos sexuais são tão impuros que até mesmo vão negar que Jesus teve Pinto.

Esdras Gregório (Gresder Sil)

Escrito hoje 21/10/10 para o pastor e escritor conhecido: Ciro Sanches Zibordi por não publicar um comentário meu em seu santo blog.

10 comentários:

Eduardo Medeiros disse...

Gresder, essa visão do sexo como algo feio e pecaminoso ainda é herança do pensamento cristão medieval onde o celibato era incentivado e se não desse prá segurar, o cristão deveria transar apenas para ter filhos e nunca demonstrar que gostava daquilo.

Logo, o salvador herdeu essa assexualidade. Ele não se "contaminou com mulheres"...

concordo com você que a única razão de Jesus não ter casado como era a regra para todo bom judeu, era a sua missão intinerante. Ele não tinha onde repousar a cabeça. Ser esposa de Jesus seria um sacrifício muito grande para qualquer mulher.

Se não fosse sua obsessão pelo Reino, ele teria deixado muitos descendentes. Será que não deixou não...???

Um dia eu perguntei a um professor do seminário se Jesus poderia casar e ter filhos se ele quisesse. Ele pensou e disse que sim. Aí eu perguntei que se Jesus era homem e Deus ao mesmo tempo, seus filhos seriam o quê?

Se alguém quiser responder fique à vontade pois o meu mestre não soube o que me dizer. Mas nem precisava, eu já sabia a resposta.

Levi Bronzeado disse...

“Todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus” (I João 4: 2)

O versículo acima na tradução moderna, ficou assim:

“Toda pessoa que crê que Jesus Cristo era um homem dotado de sexualidade, tem a mente de Deus”.

Se Jesus foi uma pessoa absolutamente livre dos eflúvios provocados pelos hormônios sexuais que se exarcebam a partir dos 15 anos, era um Redentor sem alegria.
Mesmo forçando a barra para acreditar que ele tenha se tornado um “eunuco por amor ao Reino de Deus”, não podemos negar que ele tenha tido pelo menos poluções noturnas, coisa fisiologicamente comum para que haja a descarga seminal, sempre estimulada por sonhos eróticos.

Foram os recalques internos dos eclesiásticos, os responsáveis pela formação de um tribunal mutilador do sexo do filho do Homem. Esse Tribunal que considerava o prazer sexual como o mais indigno dos pecados infundiu na mente religiosa um Cristo obtuso, frio, apático, sem graça e sem sensualidade.


POR UM CRISTO NÃO MUTILADO.

Amém!

Oséias Balzaretti disse...

Gresder,

A visão pessimista quanto ao sexo na religião cristã também se originou da teologia gnóstica, a qual teve sua significativa influência na criação da teologia do cristianismo primitivo; com sua filosofia ascética, diziam que o prazer, segundo eles, provinha do "corpo" que é "mal", em detrimento do "espírito" que é "bom", porque sua emanação provinha da divindade, segundo a visão gnóstica.

Após Agostinho, acredito que a visão "pecaminosa" quanto ao sexo ganhou força, pois ele foi enfático em sua obra "Cidade de Deus" sobre a "pecaminosidade" do sexo como instrumento de desejo; antes sua "função" serviria unicamente aos propósitos procriativos, insiste o "santo" Agostinho.

Sou de opinião de que Jesus sentiu todos os desejos instintuais do ser humano, inclusive o "tesão", naturalmente. Não vejo problema algum no fato de Jesus ter sentido o natural desejo sexual. E se ele "transou" ou não, nossa visão em relação ao "Filho de Deus" em nada deveria mudar.

Agora, que o "cristianismo" é sexualmente adoecido isso é verdade. Poderíamos citar vários teólogos que construíram sua teologia na tentativa de amenizar seus particulares "tesões" sexuais. Esses homens debruçavam-se durante longas horas sobre pilhas e pilhas de livros tentando, de algum modo, acalmar a "tempestade voluptuosa" do tesão sexual neles. Completamente absorvidos em emaranhadas teorias teológicas, gloriavam-se de terem "vencido" os desejos pecaminosos da "carne". Tudo isso em vão.

Evaldo Wolkers disse...

Boa Gresder,

Gostei do "Paulatinamente", porém, está mais para "Paulotinamente".

Sobre a hipótese dos crentes negarem o pinto de Jesus já vejo a primeira teoria no ar. Explicariam que José errou na circuncisão e removeu o bichinho por inteiro em vez de somente o prepúcio.

Veja um vídeo de Jesus quando criança: http://www.youtube.com/watch?v=40DKL2CYn7w

Abraços,

Evaldo Wolkers.

Gresder Sil disse...

Poxa Edu, por que tinha que ser esposa? Por que não uma namorada! rsrs

Mas não faz sentido Ele ter se relacionado com mulheres, nem todos os homens são iguais, noventa por cento dos homens nasceram para perpetuar a espécie como você, e dez por cento nasceram para pensar em função da espécie como eu rsrsr e por isso tem homens que não vivem ou até mesmo não se achegam a mulher nem uma.
Kant disse que quando era jovem e podia escolher esposa, não suportava mulher nem uma, e quando era velho e já tinha paciência com as coisinhas de mulher, já não precisava de mulher alguma.

Na realidade a maioria dos filósofos viveu sem mulher, os profetas também, se ele tinha relações, não sei, e se eram virgens também não sei, mas de certa forma eram sozinhos sem esposa, amante ou namorada.

Quanto a Jesus ser virgem, como homem ele até poderia ser, pois desde jovem já era um adolesceste prodígio e voltado para religião, mas de qualquer forma, adulto ele foi casto, isso é perfeitamente possível.

Gresder Sil disse...

Polução noturna, sonho eróticos? Você esta doido Levi? O pinto de Jesus nunca ficou duro, aliá ele era o único homem saudável que nunca teve ereção e ejaculação.

Se é doido, não vem dizer agora que quando Jesus era pequeno ele brincava com o pinto, não vem me dizer que ele passou pela fases da sexualidade infantil, oral,anal,fálica,etc Jesus foi uma criança pura rsrs.

Se Jesus não tivesse sexualidade, logo não teria sensualidade, mas acaso existiu homem mais charmoso do que Jesus? Belas colocações de palavras, sabia entrar e sai de qualquer situação, andar seguro e paciente, sentimento religiosos sublime e livre de religiosidade, compaixão pelos homens, irritação pelos opressores, todos queriam estar a sua volta, todos de alguma forma o temiam ou o admiravam. Sem falar que ele nunca 4steve doente, madruga, andava muito, enfim era saudável de mente e corpo, um homem desejável.

Levi Bronzeado disse...

GRESDER

Minha mãe, crente Assembleiana, de 84 anos de idade, gosta de cantar um Hino antigo que tem tudo a ver com a negação de que Cristo foi um humano igual a nós. O estribilho do hino fala que Jesus tinha hálito de rosas.

Quando ela começa a cantar esse hino eu interrompo: "Acabe com essas cavilações mamãe, Jesus quando acordava de manhã, tinha a boca mais fedorenta que a minha, pois antes de dormir eu a escovo com um aromático creme dental que naquela época não existia!" (kkkkkk)

É quando ela sai de fininho, dizendo: "Sangue de Cristo! Sangue de Cristo! Deus tenha misericórdia de ti. Que boca, meu Deus, tem esse menino! (kkkkkkkkk)

Se ela lesse esse teu "herético" artigo junto com os comentários, iria cair pra trás com um crise hipertensiva.

Gresder Sil disse...

Oseías somente esta semana eu li um comentário seu que estava no spam, não sei como foi parar lá, parece que você tentou postar varias vezes, mas ele não entrou, não sei o que aconteceu, e justamente um comentário com uma critica pessoal, mas eu liberei ele, e ele esta no post do mito do bom Jesus.

La você diz que meu livro é cristão de A a Z e que agora eu contradigo tudo o que escrevi, e que o escrevi para chamar atenção e revelar o que eu realmente sou: um ateu cristão.

Horas eu o escrevi com vinte e cinco anos, e agora estou com vinte e nove, em um ano muita coisa mudou, muita mesma, não tenho culpa, cheguei a isso naturalmente, e não ia ficar com a mesma visão “ortodoxa” de quatro anos atrás.

Acho que tenho o direito de deixar de ser um cristão para ser até mesmo um ateu, mas no momento me sinto um deista ou monista, e seu eu me tornar um dia budista, acaso estou sendo desonesto com as coisas que escrevo hoje?

E exatamente por eu mudar, eu acredito que se Jesus foi homem ele também teve suas mudanças, suas contradições, e por isso escrevo dele como se estivesse escrevendo de um home como eu, sujeito reformular sempre sua fé.

Mas quanto a tese central do livro, ela para mim é inalterável, só não creio nas bases ortodoxas que eu escrevi, mas cri, pois ele se formou em minha mente três anos antes de ser escrito, onde eu estava no auge do meu pietismo espiritual e cristianismo clássico.

E seu eu fosse usar de algum artifício sofista como você disse, eu não ir me queimar na assembléia de deus escrevendo minhas heresias, mas ia esconder minhas opiniões e lutar por ele, para publicá-lo na CPAD que “namorou” ele por alguns dias.

Gresder Sil disse...

Levi você não descobriu meu ato falho, só o Evaldo, e olha que eu pensei que você não ia deixar escapar, pois eu mesmo só percebi depois, e juro que ao escrever paulatinamente eu pensei no Paulo rsrs.

Evaldo só depois eu pensei em escrever Paulotinamente, mas, daí eu já tinha enviado os e-mails, e eles não dão para a gente corrigir. Que coisa em rsrs que coincidência. rsrs

O vídeo eu já tinha visto a muito tempo, mas na hora nem imaginei, se eu tivesse lembrado eu ia colocar ele nos e-mails,para relaxar “meus” leitores, pois sempre alguém me retorna irritado.

Imagina Jesus junto com as crianças descobrindo que não tinha nem chereca e nem pinto rsrs que desilusão seria para o menino deus, ou se não ele adolescente sem nunca ter tido uma ereção rsrs coitado dele entre os Evaldos saristas da vida rsrs

Edinho Viana disse...

Mano, cheguei bem atrasado neste debate,´mas estou aquí.
Eu sou curto e grosso, só vê Cristo como assexuado, quem tem problemas com sua sexualidade, se me dissessem que ele teve mulher e filhos eu continuaria vendo-o da mesma forma.
O problema é que de vez enquanto elas atrapalham abeça, rsrsrs, que minha mulher não leia isso...

Postar um comentário

.
“todo ponto de vista é à vista de
um ponto, nos sempre vemos de um
ponto, somente Deus tem todos os
pontos de vista e tem a vista de
todos os pontos.”
.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...