quarta-feira, 17 de março de 2010

Os vitimados pela religião



Elas eram em três, a do meio e a mais nova além de dóceis meninas eram belas mulheres. Já a primeira não tinha o olhar envolvente e o passo cadenciado das outros, antes seu olhos eram fracos, sua beleza anêmica, seu andar deselegante. Mas que culpa tinha ela, se ao nascerem os deuses reservaram os melhores dotes para as suas irmãs mais novas.

Mas em compensação ela recebera da natureza um jeito característico seu de ser. Socialmente alegre, desnecessariamente simpática, descontroladamente extrovertida, em fim: uma menina especial. Mas no mundo real da luta pela vida onde somente os fortes sobrevivem, ela estava em ultimo lugar na escala dos que se dão bem na sociedade, religião, política e vida amorosa.

Tudo acontecia para as suas irmãs. Elas tinham belos namorados, eram desejadas, entravam e saiam elegantemente de todo e qualquer lugar ou situação. Diferente dela que em tudo ficava por ultimo. Pois apesar de possuir uma bela alma, esta residia num corpo franzino, numa mente naturalmente fraca e numa personalidade excêntrica.

Com o tempo a religião de seus pais não mais a seduzia. Naturalmente ela se afastou. Pois que interesse poderia ter para uma menina como ela um lugar social onde o desfile fascinante das meninas “normais” somente acentuava a sua inaptidão total para uma vida onde ela não tinha sequer um talento ou referencia visível para ser notada.

Para piorar a sua sensação de fracasso existencial a propaganda religiosa de sua igreja adoecia cada vez mais sua alma. Como diziam eles que Deus abençoa os fiéis, protege os seus filhos e responde a oração dos espirituais e nada disso acontecia em sua vida, o seu ser se exasperava em desespero, pois no fundo de sua alma ela sabia que fora correta para com seu Deus, que a havia desamparado pelo resultado pratico de sua vida, segundo o modo de pensar dos religiosos.

Assim sendo, como servir um Deus deste jeito que só abençoa os fortes, que só da casamento aos saldáveis e equilibrados, deixando para traz os que mais precisam? Se não fosse a religião ela entenderia pacificamente que essa era a sua sina e o seu destino na terra entre os fracos e pequeninos, pegando a essa sua cruz e seguindo após Ele. Mas não! Quase todos a olhavam como se ela fosse louca e culpada de ser diferente, e de nada de realmente bom acontecer em sua vida por ela ser “desviada” e desobediente a Deus.

Mais é assim mesmo, em terra de loucos neuróticos e religiosos doentes e cegos, a única pessoa lúcida na historia é que será considerado como alguém que tem demônios ou problemas mentais. Acaso poderia um cego guia outro sego? Pois como querem curar o doente com o mal que o esta matando?

E assim essa moça fora excluída não só pela natureza a qual seleciona aleatoriamente uns para representarem a beleza ou a fraqueza da espécie. Mas também pela MALDITA mentalidade da sua igreja, que desonestamente faz dos naturalmente vencedores desta vida uma referencia para provar a sua MENTIRA de que Deus abençoa os que são fies aos mandamentos, a qual beneficia os naturalmente resistentes e aptos, mas que marginaliza os anêmicos e indevidos fazendo uma seleção natural na religião onde somente os fortes sobrevivem.

Gresder Sil

Baseado em uma história atual

23 comentários:

Comungando disse...

Mano Gresder,

Maldita religião. Vi casos como esse ou análogos a este acontecerem diante de meu nariz durante vinte anos de minha vida, nos tempos da religião.

Diziam os perversos da religião: - vê o exemplo daquele jovem que Deus tem abençoado; é temente a Deus, por isso Deus o abençoa! pro inferno com essa besteira!

O sistema religiosos é assim; foi assim desde o princípio e assim será até que nos ouçam. De minha parte, vou incomodá-los até não mais suportarem o peso do desconforto mental de suas consciências, pois foram milhares de gente assim pisada e humilhada pela religião e por um falso conceito de Deus.

Ainda reclamam da inquisição...

Gresder Sil disse...

Caramba Oseias como você esta rápido no gatilho. Eu acho que eu ainda estava corrigindo o texto quando você escreveu seu comentário rsrs.

Que bom saber que eu não estou inventado abobrinha, afinal escrevi no que eu observei de uma historia de uma moça que conheço desde criança.

Sabe... uma coisa não me sai da cabeça estes dias, os desviados são apenas as pessoas inaptas a religião que naturalmente são vomitadas pelo sistemas como um corpo estranho que o organismo rejeita, mais para frente eu escrevo mais sobre isso. Valeu mesmo pelo comentário e reforço.

Uma pessoa por e-mail disse...

Oi!!!!
O q vc quis dizer c/ esse texto?

Gresder Sil disse...

Eu quis dizer que Deus não dá casamento para ninguém, não dá emprego para nimguem não prospera ninguém neste nosso tempo atual.

Tudo acontece naturalmente nesta vida. alguns são naturalmente fortes e lutadores outros naturalmente fracos e perdedores.

Dai que a igreja evangélica pega as pessoas que dão certo na vida como amostragem para provar que quem é fiel a Deus, Deus abençoa e toda essa mentira que eu escuto de domingo a noite na igreja quando eu vou.

Tenho uma tese com muitos pontos para argumentar sobre isso, agora só falta achar editora.

Mas esta historia que eu contei ,foi trabalhada em cima de fatos reais de uma moça que eu conheço a família e ela desde criança, não procurei investigar para não fazer um relato literal, mas apenas deduzi o óbvio neste conto.

Marcio Alves disse...

Deus conceitual dos humanos mais desumanizados, que processam e marginalizam os naturais da vida, tendo-os como antinaturais da fé, por serem transparentes no ser que é, sem deixar de ser por causa da mentalidade doentia dos religiosos perfeccionistas que nutrem uma visão surreal do Criador, incorporando Nele padrões expectantes de uma santidade neurotizante e cobrando do ser que não pode ser, pois se é o ser-si-em-si natural de imperfeição.

O ser inadequado pela inadequação religiosa que exige um esforço sobre-humano, se sente excluído ao passo que é mal visto pelo meio de sua facção de espiritualidade, se tendo uma vida normal não aceitada, por sempre se ter como utopias uma vida além da humana, pois sendo o sujeito imperfeito na estrada da humanização, não construindo edifícios de renuncia, por ser seu instinto o que o leva pela estrada do ser em sua completude.

A naturalidade da essência não exige adequações por ser sendo sua existência firmada em sua essencialidade não desnaturalizada pela religião, mesmo que se pareça ser em sua representação de uma infantilizadora padronização do sócio-cultural-religioso, que é forçadamente sobreposta na aparência, mas não sobrepuja o interior, sempre estando em conflitos ideológicos.

Mas um dia o sujeito que em sua subjetividade encontra e se vê desnudo diante-de-si-para-si-e-em-si, observando ainda o movimento do constante fluxo da vida com suas intermináveis contingências, sentindo em-si-com-si uma injustificável compreensão não explicada e explicitada convencedoramente da religião para os eventos aleatórios que vem sobre todos, premiados as vezes, amaldiçoados outras vezes, enxergar não deus como gênese causal, mas o próprio cíclico virtual das vertigens vitais da matéria iludibriadora dos conceitos processuais da incompreensão humana.

Vê sua fé outrora inabalável, se ruir e decompor-se diante de si, mas entende em sua nova compreensão que não era saudável sua interpretação aos fatos da vida, pois não era sua, mas era impingida pela massificação, agora se desprende das antigas amarras e se vê livre, porém sempre condenado e tido como um fracassado na fé, simplesmente por não aceitar os cabrestos religiosos, sai para viver a vida com uma nova mentalidade, não mais escravazida, se sentido inferior pela suas imperfeições, mas agora compreende que é delas que é feito o seu ser-em-si-e-no-mundo.

Edson Moura disse...

Gresder...dexe-me falar:

Seu texto me deixou confuso! Não entenda mal...eu adorei..assim como adoro todos os outros..mas uma uma dúvida assombrou meu pensamento.

Seria essa "Menina"..."um menino"?

Conheço um jovem que também escreve coisas belas assim...e acredite, se não sobesse que quem escrevera este texto fora você...juraria que fora ele...falando dele mesmo.

Está me entendendo né mano?

Parabéns Gresder...espero que essa "menina"...(tendo em vista que é uma estória atual e real...espero) consiga um dia casar-se com aquele rapaz a quem ela tanto deseja!

Abraços!

Isaias Medeiros disse...

Gresder, Nietzsche não criticava a compaixao pelos fracos e incapazes presente no Cristianismo? Como agora você quer contrariar o seu Mestre velho, louco e bigodudo?

Mas entendo seu ponto de vista. Eu mesmo sempre fui diferente, sempre apanhava dos outros meninos que hoje devem me considerar uma espécie de "anjo" por eu não lhes sentir raiva alguma ou então terem um enorme peso na consciência por terem abusado tanto fisicamente daquele ser magrelo, tímido e completamente inapto para a seguir o padrão dos "homens" - heteros.

Abçs

Paulinha disse...

Gresder muito bom este ensaio.....

Parabéns!!

Volto depois para comentar....depois que eu conseguir dormir.....e tornar a acordar...rs..

Beijos!!

Gabriel Nagib disse...

Gresder, a igreja evangélica tornou-se um clube de amigos de jó. Não entenderam até hoje a mensagem básica: Deus faz o sol nascer para justos e injustos, para feios e bonitos, para ímpios e tementes.

Mas eu chamaria essa moça de bem-aventurada. Lembra do sermão do monte, das bem-aventuranças?

Mateus 5:3 ¶ Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;
Mateus 5:4 Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Mateus 5:5 Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Mateus 5:6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Mateus 5:7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Mateus 5:8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Mateus 5:9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
Mateus 5:10 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
Mateus 5:11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
Mateus 11:6 E bem-aventurado é aquele que não se escandalizar em mim.
Lucas 6:20 ¶ E, levantando ele os olhos para os seus discípulos, dizia: Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o reino de Deus.
Lucas 6:21 Bem-aventurados vós, que agora tendes fome, porque sereis fartos. Bem-aventurados vós, que agora chorais, porque haveis de rir.
Lucas 6:22 Bem-aventurados sereis quando os homens vos odiarem e quando vos separarem, e vos injuriarem, e rejeitarem o vosso nome como mau, por causa do Filho do homem.

Pois bem, bem-aventurada essa moça, pois não recebeu galardão aqui na terra, mas seu galardão será recebido no céu.

É só pelo sofrimento, pela via crucis, que veremos a Deus. O caminho é estreito, e estes que mais sofrem nessa vida já estão em vantagem em relação a nós.

Lógico que, como bem-aventurado é aquele que sofre, ai de quem comete injustiças contra estes pequeninos, melhor seria amarrar uma pedra em seu pescoço e jogar-se ao mar, do quê fazer tropeçar a um desses.

Jair dos Santos disse...

Mano Gresder;

Como já havia comentado lá na minha sala, referente ao trabalho na praça com os mendigos, entre eles estão os pastores, presbiteros, diaconos que foram excluidos pela religião e pela familia e sociedade, pois estes querem estabelecer padrões de perfeição. Antes do "status" que a religião e a sociedade querem oferecer para os "escolhidos", estamos falando de seres humanos que depois de excluidos vivem como se fossem animais. Lamentável.

Eduardo Medeiros disse...

Gresder, quero comentar essa sua frase:

"Se não fosse a religião ela entenderia pacificamente que essa era a sua sina e o seu destino na terra entre os fracos e pequeninos, pegando a essa sua cruz e seguindo após Ele."

Eu também não sei bem como você concilia a filosofia nietcheana com a compaixão cristã. Aliás, quero lhe sugerir que escreva um texto com esse tema. Se é que você tem na compaixão cristã, uma fraqueza que os fortes não possuem.

Voltando ao seu texto: Como assim a moça sem a religião aceitaria de bom grado o seu "destino" e a sua "sina"?

Desde quando sina e destino tornaram-se deuses onipotentes? Esses deuses jamais puderam decretar o destino de várias pessoas que nasceram sem nenhuma perspectiva de futuro e que mandaram o destino tomar no...lá mesmo.

Um irmão por e-mail disse...

Esdras, quando Nós escrevemos sobre algo baseado em fatos reais(?) como Voce colocou na Sua "reflexão", penso que devemos ser mais claros, esta história esta mais para o abstrato do que para o concreto.
=E claro que, entre os crentes, sempre havera aquele(a) que usara um monte de argumentos, desculpas, jogara a falta de sorte ou atributos fisicos em Deus, sempre se sentirão presos pela denominação etc. Agora pergunto a Voce que é uma pessoa de alto QI. Em toda Nossa vida, seja ela, profissional, legal, financeira, fisica, politica, etc, de alguma forma não estamos presos a condições pré-estabelecidas em contratos, regras, leis, ética, etc?, sempre dizem que na igreja as coisas são uma eterna rotina ai Eu volto a perguntar; E na nossa vida do dia-a0dia, não acontece a mesma rotina? Você não tem que matar um leão todo dia? - Rotina do dia: levanta, lava o rosto, escova os dentes(alguns não fazem isso por porquisse), toma o café, pega ônibus ou carro, vai trabalhar, la pelo meio-dia, almoça, trabalha até as 18:00hs, qdo não faz hora extras claro, pega, de novo, o ônibus ou o carro, volta pra casa ou vai direto pra escola, volta la pelas 23:30hs, dorme......, No outro dia, de novo, a mesma rotina; É interessante que ninguem reclama com esta rotina, se na empresa ou na vida profissional o patrão ou o cliente exige mais, muitas vezes, até demais, damos tudo que podemos e não dizemos que somos escravos, por que? por causa do vil interesse pessoal, financeiro, de Status ec. Por que quando é para servir a Deus, as pessoas ficam chiando, reclamando, jogando toda culpa de Seus insucessos na igreja, no Pastor ou, pior, em Deus.
Filho para com essas babaquices, tudo na vida tem um preço. Sendo Deus, o doador de tudo, Aquele que Nos deu a salvação, por que ficar pentelhando, com evazivas incosntantes e perversas.
De novo, pare com isso, converta-se de todo coração a Deus que Voce jamais vai ficar perdendo Seu tempo para tentar desviar outros e ter carona para a perdição. - abraços.

Gresder Sil disse...

Irmao só faltou eu falar o nome da moça pois se trata da filha do Pastor A... cunhado do pastor A...

Irmao isso não é desculpa ( por isso que eu falo que eu sou mais justo do que você, pois eu nunca julguei você, como você me julga errado), acontece que eu estudei o suficiente de sociologia para poder ver que toda essa mensagem triunfalista de domingo só se encaixa nas pessoas naturalmente fortes que servem como amostragem para essa pregação motivacional de todos os domingos.

Quando eu era criança eu lembro muito bem que as mensagens de domingo eram sobre Jesus veio salvar o homem. Noventa por sento das pregações da igreja é uma perverçao do evangelho, dai eu cujos pecados afetam apenas a mim, é que sou o vilão. Ainda não escrevi com raiva ou senso de justiça ferido, o dia que acontecer nem sei o que vai acontecer, eu tenho a sina de Sansão que morre prematuro por desobediencia, mais leva consigo todos os ímpios.

Gresder Sil disse...

"O ser inadequado pela inadequação religiosa que exige um esforço sobre-humano, se sente excluído ao passo que é mal visto pelo meio de sua facção de espiritualidade, se tendo uma vida normal não aceitada, por sempre se ter como utopias uma vida além da humana, pois sendo o sujeito imperfeito na estrada da humanização, não construindo edifícios de renuncia, por ser seu instinto o que o leva pela estrada do ser em sua completude."

Márcio você não lê os meus textos você os sente, você não come minha palavras você as bebe, você não olha para o que eu escrevo, mas ninhas palavras lêem o seu interior, esse seu paragrafo é a síntese perfeita do texto, e até agora desde que você interpretou o testo da graça subjectiva você esta invicto entendendo todos os meus textos.

Gresder Sil disse...

Tá vendo Edson você ao invés de sentir o texto fica se esforçando para buscar significados ocultos acaba que vendo coisa aonde não existe.

Mas esta vez você me deu uma ideia para eu ir alem, gostei de imaginar que você pensou que se tratava de mim assim como se trata de mim o texto do bruxo que você já leu e que eu ainda vou postar mais para frente.

Acontece que apesar de essa moça ser real ela é um tipo social que se encaixa em varia pessoas e por isso você viu outro individuo ai pois na realidade se trata de todos os escluidos pela religião.

Chega! amanha eu volto.

Levi Bronzeado disse...

Gresder!


"Deus" na figura do pastor da igreja dessa mocinha está apenas aplicando a Teoria da seleção natural de Darwin.
(kkkkkkkkkkkkkkkk)

Para o venerável pastor da igreja dessa moça, não teria sido Deus que criou, premeditadamente, toda a vida, mas sim a "seleção natural", agindo sem qualquer plano.

Ô gresder, te peço encarecidamente!

Pergunta a esse pastor "A...", se foram os macacos os nossos antepassados ou se nascemos mesmo de um monte de barro?

(kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)

Gresder Sil disse...

Isaías Nietzsche criticava não a compaixão pelos fracos e incapazes, mas a pretençao de moralidade por trás dessa compaixão, Alia ele não acreditava na moralidade do cristianismo por isso fala de uma revolução da moral de todos os valores.

Nietzsche via em toda essa bondade crista uma nescesidade de instintiva de possuir o outro pela caridade prestada, enfim creio que le o era contra a a questão moral e não nescesariamente contra pratica da misericordia.

Mas mesmo que seus escritos dão margem pela sua consequencia lógica ao abandono e aniquilação dos fracos eu não ir ficar do lado dele né!

Gresder Sil disse...

Jair é assim mesmo para estar na "presença' do senhor o homem tem que estar de pé, dai que os caídos são naturalmente escluidos por não estarem de acordo. A igreja faz uma seleçao onde somente os fortes sobrevivem e quem não consegue se adaptar acaba ficando para traz. É só sair e perguntar o nome de muitos mendigos prostitutas e desviados que você percebera que a maioria tem origens na bibria, ou seja: são filhos de crentes que simplesmente não se encaixaram na igreja e foram vomitados naturalmente do sistema.

Gresder Sil disse...

Eduardo eu não sou obrigado a conciliar a filosofia nietcheana com a compaixão cristã, afinal de contas eu sou dialético que mantém junto a antítese e tese numa síntese onde uma exclui a outra mas contraditoriamente se completa "entre tapas e beijos...de dia a gente briga a noite a gente se ama" rsrsrs

Quanto sina e destino eles não são os meus deuses, ou você não percebeu que quando eu falo de destino e predestinaçao eu apenas estou usando a liguagen do mito para falar sobre a teoria naturalista expressa por alguns sociólogos e romancistas.

Usar o mito como linguagem de espresao já é desmitologizar, pois se trata apenas de força de espresao e dramatizaçao para tornar a ideia do texto mais clara ao coração.

Marcio Alves disse...

Gresder Sil

Também preciso confessar lhe uma coisa:
(Sei que vou me arrepender por dizer isto, mas tudo bem, preciso desabafar com você, então lá vai. rsrsrsrsrs)

De todos os blogs que li ou leio, o seu é o que tem a escrita mais saborosa de ler, desde a postagem “Graça subjetiva” (Como é que você lembra, que foi justamente nesta postagem que comecei a desenvolver este tipo de comentário?) eu não leio o seu texto tentando achar significados, mas permito-me ser lido por ele, viajando e mergulhando pelo mundo da subjetividade em sua escrita.

Vou mais além ainda: (pode tripudiar, vai. Rsrsrssrs) eu não vejo a hora de você colocar uma nova postagem, para me banquetear com seus magnificos textos, eu sou completamente apaixonado pela sua escrita, que na minha opinião é a melhor de todos nós.

Pronto falei.............rsrsrrsrs

Abraços meu amigo

Gresder Sil disse...

Idem Marcinho, pois seus comentários são também os mais charmosos e românticos de toda blogfera.

Agoira vamos para com essa "paquera" reciproca aqui, que segundo o as Investidas maleficas do Isaías os homens Homens não estão seguros de sua masculinidade rsrs

Marcio Alves disse...

Você tem toda razão Gresder, vamos parar com esta nossa paquera......então coloca logo esta M. de postagem!!!

O M é de magnífica e maravilhosa. Rsrsrsrsrss

rodrigo disse...

As prefaladas irmãs podiam quitar seus débitos, pois eram saldáveis? Ou você quis dizer outra coisa?

Postar um comentário

.
“todo ponto de vista é à vista de
um ponto, nos sempre vemos de um
ponto, somente Deus tem todos os
pontos de vista e tem a vista de
todos os pontos.”
.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...