quarta-feira, 31 de março de 2010

A CONSUMAÇÃO



Aquele momento seria decisivo, aquele dia seria dramático. Mas Ele caminhou de encontro ao seu destino. Mas antes, na noite anterior Ele foi assaltado de duvidas de quem esta diante de uma decisão a tomar para o resto da vida. E por isso angustio se com tristezas de morte.

Até ali Ele andou confiante, mas no jardim seu mundo ruiu e a sua fixa caiu quando Ele percebeu que o Reino a qual haveria de vir naquela geração antes que todos que estavam vivos morressem, poderia não ser implantado como Ele acreditou que seria.

Mas Ele chegara até ali, e fosse qual fosse à vontade do Pai, Ele a seguiria, mesmo estando com seu coração partido e com os seus sonhos sendo aos poucos dilacerados pela perspectiva de um fim trágico sem saber a que rumo às coisas tomaria.

Quando se viu estendido naquele lugar, Ele viu que se tornou não a manifestação gloriosa da revelação do filho do homem a que profetizara, mas um fracasso publico feito não somente diante dos homens, mas registrado nos anais da historia daquele povo.

E por isso completamente desesperado gritou que Deus o tinha abandonado na hora em que Ele acreditava na sua intervenção, pois Ele tinha confiado ate o fim que Deus irromperia de alguma forma o seu Reino, trazendo Paz e Justiça a partir daquele dia.

Mas não! O Reino não havia chegado. Deus em nem um instante interveio em seu momento de frustração e isolamento. E a sua dor só aumentava na mediada em que meditava na vida daqueles que com Ele esperavam a implantação do Reino de Deus aqueles dias.

Mas quando começou a ver que Ele fora feito por Deus espetáculo aos homens, e que aquele seu momento trágico haveria de chamar atenção de todos para si, revelando aos que haveriam de saber que aquele a qual foi levantado em sua morte, foi feito para os homens a face e a referencia de Deus na terra em toda sua Paixão e Vida.

E assim entendendo tudo nos seus últimos minutos, pode dizer entregando em paz seu espírito que Tudo estava concretizado. Pois Deus lhe trouxe como homem que erra para aprender do primeiro dia ate o ultimo fôlego de vida, ao conhecimento esquecido no desespero de que a sua semente como Palavra ao mundo só poderia nascer quando ela morresse.

Gresder Sil

Inspirado nas possibilidades da critica bíblica do movimento teológico: a busca do Jesus histórico.


17 comentários:

Marcio Alves disse...

Algumas horas antes um frio subindo pela espinha, os olhos cheio de lagrimas contemplava a face dilacerada e desfigurada daquele que era o seu grande e admirável salvador e rei, mas a fatalidade do destino, as injustiças da não compreensão e aceitação do poder público daquele que era o grande referencial e herói dos fracos e oprimidos pelo império romano, o levava a estar ali, trancafiado em uma fétida e horrível masmorra ao lado dos outros condenados.

Um profundo e solene silencio, ninguém ousava dizer lhe nada, mas aos poucos o dia foi amanhecendo, e finalmente chegaram os guardas, pegaram e levaram todos eles para serem crucificados, mas a dor que comprimia e esmagava o seu peito, não era por ele, mas sim por aquele, que decididamente estava obstinadamente entregue pela causa humana dos marginalizados, a tal ponto de estar disposto a morrer para pagar o preço por tal ideal do reino que ele mesmo viveu anunciando e almejando, mas que até aquele momento não tinha ainda sido consumado.

No caminho que foi cercado por uma grande multidão, onde todos gritavam e zombavam, ele, justamente o seu rei, era o alvo das duras criticas e piores zombarias, ele e o seu outro companheiro que eram ladrões e assassinos, mereciam tais tratamentos, mas aquele homem frágil e meigo, não, pois mesmo naquelas circunstancias da contingência violenta da vida, não esboçava ódio ou rancor, mas amor e uma esperança delirante de que o seu Deus, aquém ele chamava cariosamente de pai, viesse em sua direção, interferisse botando um ponto final, consumando o tal desejado e esperado reino que ele começara.

Estendidos na cruz, estando ele a sua direita, pois colocaram o seu rei no meio, entre os dois malfeitores, sendo ele mesmo um deles, pois em sua trágica vida de crueldade e assassinato, não sentiu o que é o amor e bondade humana, mas antes conheceu apenas o lado negro da existência humana, sendo muito mais uma fatalidade, que apenas escolheu ser quem é, por ser o que foi transformado e levado a ser no meio de sua historia que o modelou em um homem perverso e sanguinário.

Mas naquele momento, ele ouviu aquele que dizia de si mesmo ser o filho do homem, chorando e orando a favor de todos os seus opressores, pedindo ao pai que perdoasse pois eles não sabiam o que estavam fazendo.

Fez um momento de profundo silencio, onde dava para ver nos olhos do salvador, que ele demonstrava uma angustiante e amargosa duvida se o reino era real ou mero sonho dele, percebeu-o cabisbaixo falando consigo mesmo que Deus o desamparara. Então o ladrão que passou a noite ao seu lado, observando e chorando ao contempla a mais pura inocência daquele justo homem, rompe o silencio e com toda segurança e confiança do mundo diz: “Senhor, lembra-te de mim quando entrares no seu reino”.

Aquelas palavras foram tão fortes e divinas, que fez com que ele levantasse a cabeça outrora triste e desiludida, para dar lugar a uma sensação de dever cumprido, pois entendeu que ele seria morto sim, mas que sempre permaneceria a sua imagem poderosa de rei dos fracos e oprimidos. Morreu naquele dia com um largo sorriso no rosto, dando um brado de vitoria conquistado na derrota, dizendo: Está consumado o meu reino entre e para os marginalizados deste mundo!

Oséias Balzaretti disse...

O gnosticismo "nublou", durante séculos, a imagem do Jesus humano, de modo que, aqui mesmo no Brasil, a cristandade vive em uma dimensão onde pouco (muito pouco) se vive as realidades humanas de Jesus, pois o dualismo gnóstico ainda está fortemente arraigado no cristianismo brasileiro.

Levi Bronzeado disse...

Cada vez mais meu caro herege Gresder, tu , com artigos como este, vais ficando longe do rebanho assembleiano de Campinas.

Tu bem sabes que se a história tivesse parado por aí, ninguém hoje se lembraria de Cristo.
Tu bem sabes, e eu também, que o cristianismo Paulino e Constantiniano, não se segura sem o seu grande alicerce, que é o TÚMULO VAZIO.

Aviva a memória para o que o Fariseu Paulo dizia e reforçava em suas andanças: “Se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa fé”

Por isso mesmo, o dia do Senhor Paulo e seus seguidores não é a quinta, nem a sexta e nem o sábado, mas sim o dia do deslumbramento sobrenatural da ressurreição: o DOMINGO.

Levi Bronzeado disse...

Estou rindo cá comigo...

O Márcio que divide o "O Outro Evangelho" com o Edson, resolveu pegar uma carona no blog do Gresder e postar um texto sobre CONSUMAÇÃO, muito maior do que o do editor a-religioso (rsrsrs)

Bem, nesse caso, o comentário que fiz acima, já foi para os dois textos postados: O do Edson e o de Marcio (kkkkkkkkk).

Levi Bronzeado disse...

Uma correção em tempo:

Bem, nesse caso, o comentário que fiz acima, já foi para os dois textos postados: O do GRESDER e o de Marcio (kkkkkkkkk).

Jair dos Santos disse...

Cheguei;

O amor que ELE Ddemonstrava não era digno de um rei, não o rei que esparavam para por fim a tirania só quem preenchia os pré requisitos era Barrabás forte vistoso, violento vingador, um homicida era o Messias que o povo esperava para ser seu redentor. Seria libertado e ovacionado pela multidão que assistia o espetáculo da humilhação.

O homem á quem condenaram era fraco, de fala mansa, nunca havia levantado a mão para ninguém, só quando se irou ao ver fazerem da casa de seu Pai um mercado de especiarias, então transferiu sua ira para as bancas dos mercadores e expulssou seus acusadores. Foi condenado, foi morto. Ressuscitado? Não sei, só sei que mora no meu coração o Amor se tornou sinônimo do seu nome. Hoje tentamos pregar este amor, é pura utopia, seremos linxados com a nossa poesia. Eles acabaram com o Amor, hoje fizeram dele apenas um símbulo, apenas uma cruz sem sentido e sem valor.

Eduardo Medeiros disse...

Pois é, o Reino não veio em sua inteireza mas a sua semente foi plantada em poucas mentes e corações. A utopia continuou. Hoje, o ideal do Reino já não existe na cristandade. Que pena. É claro que o túmulo está vazio!!!! Mensageiros de deus que dão sua vida nesta terra para o bem de seus irmãos, jamais morrem.

Paulinha disse...

Querido amigo Gresder,

Seu texto para mim, está que nem biscoito recheado "Trakinas"..meio à meio....(metade chocalate e metade morando)...rs...

A parte que concordo é chocolate, porque amo chocolate..

A parte que discordo é morango, porque não gosto de morango em biscoito....rs

Aqui está o morango: (discordo)

"Mas quando começou a ver que Ele fora feito por Deus espetáculo aos homens, e que aquele seu momento trágico haveria de chamar atenção de todos para si, revelando aos que haveriam de saber que aquele a qual foi levantado em sua morte, foi feito para os homens a face e a referencia de Deus na terra em toda sua Paixão e Vida".

É injustiça dizer que Jesus foi feito espetáculo perante o povo.....eu diria o seguinte:

Deus apenas elaborou através da morte de seu filho, a maior prova de amor para conosco, a maior e mais emocionante prova de amor que houve na história deste mundo.....afinal, se Deus é Deus....Ele mostraria o seu amor, de forma que tocasse inesquecivelmente os nossos corações....

Jesus não foi motivo de espetáculo, mas o espetáculo maior está sendo a nossa existência neste paraíso mundano, onde temos que suplicar por um Deus de misericórdia, que tenha compaixão de nós para não perecermos diante tanto sofrimento que vivenciamos aqui...

Para ver onde a hipocrisia e ignorância de um povo, pode chegar....a ponto de deixar crucificar um homem sagrado, para libertar um "lixo" de um homem sem valor algum.....

É o livre arbítrio do povo...Eles agiram com o livre arbítrio, e entregaram à morte o nosso amado Jesus...

Beijos!!
Critique-me, porque eu sei que você está doido para fazer isto....rs...

Gresder Sil disse...

Marcio o que seria de você se eu não existisse?

Muito belo o texto, de noivo fico orgulhoso e temeroso!

Orgulhoso por possibilitar a sua imaginação a partir do que você lê aqui.

E temeroso por você escrever assim como eu.

Mas eu acho que tenho uma solução para coce não me passar...

Vamos escrever juntos no futuro rsrs

Gresder Sil disse...

Oseia da mesma forma que se da a jesus uma super imagem glorificada, também se fasem isso com Maria e outros "santos".

O interessante é que a alma humana é tão carente de salvador que inconscientemente produzimos de pessoas maravilhosas, deuses para nos salvar.

Para mi racionalmente fizeram isso com Jesus, e é tão forte essa coisa que meu coração é completamente vencido por este Deus encarnado, embora a minha razão conclui isso não ser necessário

Gresder Sil disse...

Levi eu tenho aqui um texto sobre o domingo mas somente terça feira eu vou postar.

A ressureiçao é necessário para quem precisa de crer em operações sobrenaturais para poder crer em Deus.

Eu mesmo nunca tive nenhuma experiência sobrernatural, e mesmo assim creio em Deus até os ossos como diz o Edson.

Portanto para mim eu não preciso de crer em nada sobrenatural da bíblia, para poder receber a sua mensagem.

Mas mesmo assim com o coração eu acredito no mo mar ser abrindo e em todos os milagres feitos por Jesus.

Gresder Sil disse...

Concordo plenamente Jair com isso: "Foi condenado, foi morto. Ressuscitado? Não sei, só sei que mora no meu coração o Amor se tornou sinônimo do seu nome."

Pois o que importa se ele esta tao vivo em nos! pensamos nele, o amamos, nos sentimos mau por não conseguir segui-lo melhor, sua palavras não saem de nossas cabeças, ficamos sempre pensando como poderia ter surgido um homem como ele entre nos, enfim a ressuireiçao é um detalhe, pois ele nunca deixara de Ser Deus em nossos corações.

Marcio Alves disse...

LEVI, eu to rindo até agora de seu comentário. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Não é mesmo que você acertou em cheio??!!!!!

É que eu resolvi tentar ajudar o GRESDER, pois não sei se você lembra, mas antigamente o blog dele era O blog, o mais comentando da blogosfera, mas como ele não soube aproveitar e administrar, esta birosca faliu e quase fecho de vez as portas.

Então, eu estou tentando dá uma forcinha para ele, fazendo comentários às vezes, melhores e maiores do que a própria postagem dele.
Para ver se não volta de alguma forma aquele antigo brilho que o blog dele tinha.

Mas você LEVI, sabe que mesmo esta ajuda minha pode ter o seu efeito colateral?
Pois poder ser, que no intuito de ajudar ele, eu posso acabar tomando o lugar dele na blogosfera, pois algumas pessoas já me escreveram para dizer que alguns muitos comentários meus, estão se saindo melhor do que as postagens dele.

Fazer o que, é a vida, um dia você esta por cima da carne seca, mas outro dia você é a própria carne seca.

Mas vou continuar tentando levantar esta birosca com meu talento e criatividade, e espero a sua ajuda, como de toda confraria nesta missão quase impossível, visto o próprio autor deste boteco, ter deixado a própria sorte, jogado ao vento, pulado do navio que esta se afundando, mas estamos ai, tentando nem que seja tirar água do barco, com uma canequinha.

Gresder Sil disse...

Eduardo nem em dez mil anos de Historia da humanidade de aqui por diante se poderão provar contra ou favor do túmulo vazio.

Mas o que mais me intriga é que ele com poucas palavras fechou todas as possibilidades de ser "superado" por outro homem, pois ao dizer que qualquer que viesse após ele seria um falso Cristo, ele se imortalizou absoluto na historia da humanidade.O que seria isso? clarividencia divina? ou esperteza intuitiva? rsrs

Gresder Sil disse...

"Critique-me, porque eu sei que você está doido para fazer"

Você pediu então vamos Lá Paulinha.

Como mulher você julga mais pela primeira mau ou boa impressão do que pelo valor intrínseco das coisas.

Em todo texto meu, você geralmente para nas frases de efeitos e força de espreção por instintivamente não concordar ao primeiro impacto.

Mas o que você não entende é que a forma drástica das espreções dos textos são apenas a primeira camada do conteúdo total do assunto.

Portanto aqui professorinha rsrs você sempre repete á primeira serie rsrs.

A cruz é o ápice absoluto de um cristianismo a-religioso, pois é o evento histórico verificável não sobrenatural mais espetacular da humanidade, que trás todos os homens a grande pergunta de quem era ELE que de tão humano só poderia ser deus ou que de tão divino só poderia ser autenticamente humano? rsrs

Gresder Sil disse...

Márcio eu não me esforço para ser nada, tudo em mim é natural, se eu nasci gato não vou tentar ser tigre, se eu nasci com asas mas não sei voar ainda, naturalmente um dia eu consigo, pois seria da minha natureza.

Todo esforço meu tem a medida do possível, só luto por algo que esta em meu alcance fazer ou ser, não me esforço por coisa que para eu conseguir eu perderia a minha paz e qualidade de Vida.

Paulinha disse...

Hahahahahah....

Você é hilário!!

Confesso que eu "rolei" de rir deste seu comentário Gresderzitto......kkkk

Mas valeu!! Abraços amigo..

Postar um comentário

.
“todo ponto de vista é à vista de
um ponto, nos sempre vemos de um
ponto, somente Deus tem todos os
pontos de vista e tem a vista de
todos os pontos.”
.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...