terça-feira, 2 de março de 2010

Um Deus a nossa imagem



No principio o homem criou a imagem de Deus, e fez essa imagem a sua própria semelhança. Pois quando primeiro o Espírito de Deus pairou sobre a vida que habitava na face da terra, Ele estava sem forma compreensível para o entendimento do homem, e sua definição ainda era vazia. Então disse o homem: pintemos Deus com as nossas cores, conforme a nossa possibilidade de distinguir e desenhá-lo. E assim fez o Homem o caricatura de Deus conforme os contornos e nuances que ele encontrou em sua própria imagem.

E por isso desde sempre Deus foi visto e vestido conforme os sentimentos e temperamentos humanos por ser impossível representar a Deus com imagens e emoções que não seja aquelas que o homem conheceu e sentiu em si mesmo ate agora. Pois de onde vem esta figura de Deus como um rei soberano que domina sobre tudo, se não da própria noção imperialista dos homens que sempre sentiram a necessidade de um governo para fazer justiça e trazer paz entre os homens.

E de onde vem esta reação de ira de Deus para com os transgressores se não foi do próprio senso de justiça intrínseco no ser de cada ser humano. E o que dizer do ciúme Divino para com os seus escolhidos que nada mais é do que projeção humana em Deus dos seus próprios instintos de amor e posse. E mais ainda, atribuíram a Deus o sentimento ditatorial dos imperadores humanos que não aceitam em não serem amados e questionados, e que castigam todos os que ousam protestar e insurgir contra as suas leis e domínios.

De fato Deus sempre esteve entre os homens, mas as suas ações foram interpretadas na medida em que os homens puderam entender por semelhança daquilo que eles mesmos percebiam neles. Porquanto não há outra linguagem para descrever a Deus se não a linguagem humana, assim como nunca existiu conhecimento humano de outras emoções e condutas se não as conhecidas e sentidas pelo próprio homem, com a qual ele descreveu até agora Deus e sua ação no mundo.

Deus jamais tem sentimentos determinados conforme reações e incidentes assim como não sofre influencia exteriores ou é determinado por instintos condicionados como o homem. Deus é Deus e não é homem, por isso é impossível de Ele agir como o ser humano que não da o direito ao outro de não ser amado, e que pune todo aquele que ousa ignorá-lo. Deus não precisa receber gloria assim como os reis humanos, pois a sua gloria é a sua Gloria, e não precisa receber aquela que é, e vem do homem, Ele se basta a si mesmo.

À vista disso Deus não se sente ofendido em sua honra, e não se importa em ser confrontado, antes Releva toda a nossa ignorância e petulância, permitindo a liberdade de Pensamento de cada criatura neste universo. Portanto se ele existe como criador do homem Ele esta muito além de todo sentimento humano com a qual o representaram ate agora. Relativizar a Deus não é por em cheque sua soberania, mas descrevê-lo com sentimentos humanos como os nossos. Não que a forma como homem escreveu no passado sobre Deus esteja errada, mas que ela não representa a totalidade do Ser de Deus, para ser tida como declaração absoluta e inquestionável sobre Ele.

A historia humana sagrada sempre foi a historia de como o homem viu e percebeu a Deus e sua ação no mundo e em si mesmo. Todo relato escrito foi escrito como testemunho humano da poderosa impressão no homem de tudo aquilo que ele experimentou e constatou como atuação divina sobre ele. Até agora o homem disse muito mais para Deus de si mesmo de como o homem o percebia, do que Deus mesmo disse ao homem de como Ele os enxergavam e os definia. Assim sendo o livro de Deus não é totalmente uma Palavra ditada ao homem tanto quanto é mais essencialmente um livro do homem para Deus, escrito pelos homens para ser lido por Deus.

Gresder Sil
(Esdras Gregório)

29 comentários:

Edson Moura disse...

Opa...opa...opa! Fui o primeirão a comentar!

Gresder, me maravilha de ensaio cara!

Falou tudo, exatamente tudo que tento falar, mas me faltam essas belas falavras que usaste...para verbalizar meus pensamentos sobre Deus.

Realmente, nosso Deus (homens) é aquilo que projetamos...é aquilo que somos!

Parabéns mano!

Marcio Alves disse...

O Ser supremo do alto de sua infinita imagem é não tendo uma imagem que possa descrever seu ser, pois todas imagens criadas foram e serão incriadas a partir dele mesmo, não sendo exata, mas si sendo real nos corações de quem sente e fabrica, pois é na verdade a realidade de si para si mesmo, não sendo o absoluto, por isso é relativizada pelos homens, não para a gloria do Ser, mas para a gloria do homem.

O homem encontra e desenha o indesenhado e incontravel Ser em seu próprio e limitado ser, com sua mentalização e sentimentalização de aperceber o divino em si, pois deus só pode ser deus de cada individuo, sendo um espelho a refletir a imagem do homem que diz servir-lo, mas que na verdade é servido para si mesmo, para as suas projeções auto projetadas da sua psique.

Pensando ter encontrado o Ser, mas não achando Ele, mas sendo uma auto imagem dele e para ele, declara e sistematiza o divino de sua percepção nele mesmo, sendo posto no pedestal da adoração, adorando o Ser de sua imaginação, embora seja Ele mesmo não outro, para o individuo que revela o seu desejo de procurar pela busca de encontrar no encontro consigo mesmo.

Pois o Ser sabedo que não poderia ser exaurido pelo conhecer das percepções do pensamento e sentimento da averiguação minusciosa da criatura, deixa sua própria marca de pegadas sutis na areia da vida subjetivada pela nitidez de percepção humanista, para que mesmo atraves das auto imagens criadas, possa ser revelado que Ele é e que existe existindo em cada realidade existente na criatura viva.

A figura das imagens esculpidas da não realidade visivel, pintadas e moldadas pelo carater e temperamento do próprio homem, tem sua genese da não descoberta empirica do grande assombro, sendo desenvolvida a prematura necessidade de necessitar verbalizar o inefavel, com os mais variados sons antropologicos das sociedades.

Mas a grande ilusão é iludir-se a si mesmo dizendo que este desenho pintado, esta musica tocada, esta linguagem decifrada, sentido sentido, da não materialização, visibilidade e compreensão, em formas do saber humano intuitivas e cridas, ser o mesmo Ser, sendo que nunca foi e nunca será, pois se algum dia for, então mesmo assim pode concluir o saber que não passou de não saber.

O supremo Ser não sofre influencia das influencias humanas, sejam negativas ou positivas, pois não é processado no seu desenvolvimento como se fora uma criatura, pois não é sendo o criador, vê em si mesmo e não no reflexo dos homens, ser suficientemente suficiente com Ele e para Ele.

O homem revela quem é mostrando no que crer e quem é o que ele crer, pois a sua crença é uma revelação de si mesmo e não do supremo Ser, pois não passa de sua auto imagem e descoberta, se modelando em sua crença, formando e definido quem realmente ele é no que pensa ser o grande Ser, mas não sendo para ser quem realmente é o seu oculto ser.

Levi Bronzeado disse...

Prezado Gresder (Só para iniciar o debate) rsrsrs


“No principio o homem criou a imagem de Deus...”

Aí reside um grande impasse:

O homem criou a imagem de Deus, ou Deus foi revelado ao homem através de uma imagem? Deus é criação ou revelação? Em todo trajeto da história Deus tem se manifestado de acordo com o estado evolutivo da psique humana. Deus é conhecido pelo homem como uma atividade dinâmica influenciando a sua vontade. As manifestações de Deus são concebidas ao homem através de sonhos, visões, por meio de uma voz íntima, de um sentimento ou experiência mística. Penso que Deus não é criação do espírito humano. Os homens do V. Testamento não tinham outra maneira de perceber Deus, a não ser com atributos humanos ou desejos humanos.

Moisés não criou uma imagem do seu Deus, pelo contrário, ela já existia latente em seu inconsciente e aflorou, foi exteriorizada ou veio para fora, dentro da esfera antropomórfica. Não havia outra linguagem, ou outra forma para exprimir o seu Deus, senão aquela que lhe foi revelada independentemente de sua vontade consciente.


“O inconsciente tem razões que a própria consciência desconhece” ─ parafraseando Pascal


Abçs,

Levi B.Santos

Blog do Evaldo Wolkers disse...

Grande Gresder,

Estou percebendo que o assunto do momento é a de-finição de Deus.

O interessante é que eu estava escrevendo sobre isto quando começou a pipocar e-mails de amigos divagando sobre tal.

Agora vejo este post no teu blog e vi alguns outros pela "Blogosfera".

Gostei muito do texto, principalmente quando citou a relação do entendimento humano sobre Deus.

Gostaria de ter seu comentário no texto que escrevi neste post:

http://evaldocristao.blogspot.com/2010/03/deus-e-brasileiro-um-povo-uma-imagem.html

Anônimo disse...

Se o deus de todos os demais humanos da Terra é pura projeção, o que será da projeção do Absoluto Nada que vocês vivem a proclamar do alto dos telhados?

Parece que estão a "tirar sorte" nas vestes do deus-que-não-é-deus de vocês...







Abraço





Dio Nisio

Eduardo Medeiros disse...

GResder, parece que o seu texto veio complementar o meu. Perfeito. LEVI traz a questão da imagem.

"O homem criou a imagem de Deus, ou Deus foi revelado ao homem através de uma imagem? Deus é criação ou revelação?"

Talvez haja aí uma via de mão dupla. O homem pode ter criado as suas imagens por perceber que deveria existir "algo maior", transcendente que lhes chegava à percepção através da criação e do universo. Essa percepção de "algo além", portanto, não foi criada, mas apenas, percebida como evidente.

Mas também não entendo que o próprio DEUS EM SI tenha feito qualquer tipo de revelação, a não ser a revelação natural na natureza; a partir daí, as imagens começaram a aparecer e a evoluir até a nossa imagem maior do "Deus encarnado".

Bom, é apenas uma colocação viu, Levi, sujeita a ser modificada a qualquer momento rsssss

Isaias Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gresder Sil disse...

Creio que agora eu posso morrer em paz, pois já arrumei um interprete em grande estilo para as minhas “obras” teológicas. Que coisa em Marcio, a sua vida agora nunca mais será insignificante, pois você viverá dia agora em diante a minha sombra. Mas não fique aborrecido, uns nasceram para ser sol e outros para ser lua, contente-ce em refletir a minha gloria para todos os cantos desta terra. Pois quando eu morrer você ainda viverá para não somente fazer minha biografia como também explicar a minha escrita os outros mortais. Ide por todos os becos dessa sua cidade nojenta fale de mim para todos, fale que eu fui o cara mais inteligente e bonito que você viu em toda a face da terra,kkkkkkkkkkkkkkkkk

Gresder Sil disse...

Levi não, você não coloca fogo na fogueira, pois você é muito educado, que como um bom fundamentalista esta disfarçado de herege entre-nos se fazendo de tolo para ganhar os tolos.

Mas sabia que eu ainda não concordo muito com essa sua idéia e do Eduardo de que Deus esta na psique humana. No máximo temos certa noção inerente de Deus, mas ainda eu acho necessárias uma revelação e intervenção divina.

Esse meu texto é muito mais literári o do que literal, pois na verdade eu acredito o inverso do que eu escrevi, pois não foi o homem que viu Deus com características humanas, mas foi Deus mesmo que se vestiu com roupa de homem, pois como vários escritores e profetas tiveram a mesma imagem de Deus, se não fosse por uma inspiração ou intuição de cima para baixo onde Deus mesmo se permite ser visto com sentimentos e condutas semelhantes a nossa, pois não tinha outra forma de ele ser viso se não do formato como o homem o descreveu, mas isto não altera o propósito subjetivo do texto que é dizer que Deus esta muito além das formas que ele mesmo se permitiu descrever.

Marcio Alves disse...

GRESDER SIL

Você que não fique esperto não Gresderzinho seu ingênuo e bobinho filosofo subjetivo, para perceber o que já esta ocorrendo aqui em sua sala, pois há quem diga que os meus comentários estão se saindo superiores as suas postagens.

Pois além de eu usar subjetividade também, eu ainda adiciono no liquidificador pensante, mais alguns ingredientes: uma colher de pleonasmo, uma xícara de neologismo, uma dúzia e meia de subjetividade, um quilo de filosofia e mais uma pitada de lógica.
Com esta receita básica, o bolo sai muito melhor do que os seus bolinhos de chuva. Hahahahhahahah

Eduardo Medeiros disse...

Ô auto-enganado menino prodígio, como assim você

" ... na verdade eu acredito o inverso do que eu escrevi,..." ??????

Gresder Sil disse...

Ora Eduardo eu criei um texto
dizendo que os homens fizeram
Deus a sua imagem, mas isso
é ficção burrinho, pois para
mim foi Deus mesmo que se
deixou ver como imagem e
semelhança do homem. mas
o que interessa é que o
significado e intenção do
texto é o mesmo: que DEUS
não tem esses atributos
humanos com a qual foi
representado, pois não
haveria outra forma
de conhece lo senão
desse jeito, mas independente
de ser o homem o pintor
ou Deus mesmo que se
pintou, ele esta muito
alem disso, sendo tudo
o que sabemos dele
apenas caricatura.

Isaias Medeiros disse...

Nossa, nem comenta o meu comentário! Magoei.

Isaias Medeiros disse...

**PREZADOS CONFRATERNOS**

O endereço da Confraria dos Pensadores Fora da Gaiola é: http://cpfg.blogspot.com/

Atendendo a sugestão do Márcio, criei o endereço para que não venhamos a perdê-lo e estou enviando os convites para os demais confraternos serem os co-autores do blog.

Os convites que enviei até o momento foram para os seguintes endereços:

marcioaf2728@hotmail.com, edsonmourad@yahoo.com.br, glauberbronzeado@uol.com.br, gresdr@gmail.com, eduardo.medeiros.44@gmail.com, jl-jlima@hotmail.com, anapaullinhag@gmail.com, ednelsonuniversal@hotmail.com, jairhome@hotmail.com

Os que não estiverem nesta lista, por favor enviar seus respectivos emails para poucoalem@ymail.com

O blog ainda não possui um layout definido, muito menos gadgets e etc. Como é a primeira vez que crio um blog coletivo não sei bem como funcionam as coisas na prática, mas a idéia é todos colaborarem - em todos os sentidos - e depois de a cara dele estiver pronta, cada um escolher as postagens mais interessantes uns dos outros e publicá-las.

Conto com a divulgação desta mensagem e com o envolvimento dos amigos.

Abraços.

Levi Bronzeado disse...

Respondendo ao amigo Gresder


Aqui ou acolá tenho as minhas recaídas de fundamentalista. Mas eu indicaria outro nome mais simpático para o lugar de “recaída”, seria a “nostalgia”, que nada mais é que a sensação de gozo ao imaginar o passado, sabendo de antemão que é muito doloroso para minha consciência tomar a verdade de ontem, como se fosse o real de hoje.

Muitos nos vêem como equilibristas, andando na corda bamba entre o que se considera heresia e o que se considera fundamentalismo, é a nossa sina suportar essas coisas. O que importa é que quando a palavra de Deus se atualiza no meu cotidiano, me sinto mais perto Dele, e mais longe dos que me aplaudiam quando me comportava como marionete.


Abçs, de um herege com ranço de fundamentalista (rsrsrs)


Levi B. Santos

Isaias Medeiros disse...

Visitem a nossa comunidade virtual, nosso blog coletivo:

Confraria dos Pensadores Fora da Gaiola

Abraços.

Marcio Alves disse...

Gresder Sil

Mas que covardia a sua heim??!!!
Fazer um texto subjetivo, com mensagem subliminar até que vai, mas agora escrever um texto ao inverso do que você acredita, isto já é desonestidade demais com seus leitores.

Gresder você tem que aprender a respeitar mais os seus leitores!!!

Estou vendo que para ler os seus textos temos que matar literalmente o autor, pois o autor não é o texto que ele escreve!!!!

Paulinha disse...

Querido Gresderzitto,

Parabéns pelo texto!!!!!!!!!

A obra de um determinado artista é o reflexo de sua arte.
Ás vezes, uma obra de arte não tenha a assinatura de seu autor, mas é possível descobrir de quem é a obra porque ali está refletida a sua personalidade.

O homem é a imagem (obra) que Deus criou....pois nesta "obra" Ele aplicou as característica de um ser pensante, embora mortal...

Mas nunca e em hipótese alguma, Deus será imagem(obra)do homem......

Pode um homem projetar uma imagem a Deus, e transpor sobre Ele todos os seus desejos e vontades, mas vejo como uma coisa inadimissível...

Pois como você mesmo diz:

"Deus é Deus e não é homem, por isso é impossível de Ele agir como o ser humano que não da o direito ao outro de não ser amado, e que pune todo aquele que ousa ignorá-lo. Deus não precisa receber gloria assim como os reis humanos, pois a sua gloria é a sua Gloria, e não precisa receber aquela que é, e vem do homem, Ele se basta a si mesmo".

Beijos!!

Foi um prazer falar com você no telefone...mas você fala pelos cotovelos hein?! hahahaah......

Espero falar muitas outras vezes com você...afinal, somos conterrâneos...

Eduardo Medeiros disse...

GResderrrr

Você já pensou em fazer terapia?

Talvez você sofra de transtorno bipolar!!

Isaias Medeiros disse...

Sério, por que só o meu comentário você não respondeu?

Gresder Sil disse...

ISAIAS é o Marcio que inventou essa regra engaiolante de comentar os comentários, mas acontece que eu nem estou conseguindo ler tos os comentários de vocês por ai, e quanto mais responder a todos. Eu apenas respondo os que mais me dá vontade, ou seja, eu respondo assim como os engaiolados do BBB 10, por afinidade pelo comentário que mais me chama atenção.
Assim eu não sou escravo de uma regra, mas faço uma seleção onde eu comento espontaneamente os mais “urgentes” sem ter obrigação.

Não dá! Eu só tenho no máximo duas horas de internet por dia e uma hora no domingo, por eu ta me fazendo um bem imenso, pois assim eu tenho tempo para VIVER também. Pois eu não vou gastar grande parte da minha vida enfiado nessa ... enquanto a muita coisa lá fora.

Eu tenho que ler assistir novela, fazer caminhada, conversar com os amigos, passear, paquerar ir a igreja, dormir muito bem, e trabalhar bastante, coisas que quando eu tinha acesso ilimitado eu não fazia direito. Pensando bem eu acho que não vou voltar com a Marinete não, mas vou ficar com a Lana e com a Rose, mas vale duas de vinte do que uma de quarenta.

Gresder Sil disse...

MARCIO você além de burro, você é burro também. Eu só inverti os as coisas, mas a mensagem do texto é a mesma ou você não sabe que a ordem dos fatores não altera o resultado. Para burro você só falta ser um pouco mais inteligente.

Falando em matemática PAULINHA mais me chamou para a briga como seu comentário do que concordou, pois você disse ser inconcebível o homem criar a imagem de Deus, em partes sim pois foi deus mesmo que criou para ele uma imagem para falar ao homem, mas isso não significa que essa imagem seja sequer 10 % do que ele é.

Agora vamos parar de queimar o meu filme dizendo quer eu sou Um falador compulsivo, senão o Márcio vai cair em cima de mim me humilhando.

Isaias Medeiros disse...

Bem... não foi o Márcio quem inventou essa regra, mas, vá lá, você aprendeu isso com ele, tudo bem, e não é obrigado a segui-la. Eu particularmente aprendi isso faz tempo, lendo um blog que não tem nada a ver com apologética, e sim com dicas para blogueiros - sejam eles cristãos ou não.

Mas essa sua nova regra é um tanto antipática, se quer - ou não - saber. Tipo, o cara gasta o seu precioso tempo lendo o seu post, escrevendo um comentário, lendo o que os outros leitores já comentaram e você simplesmente decide: "este comentário não é relevante" ou: "não tenho afinidade com esse comentário".

Saudações.

Isaias Medeiros disse...

Esqueci: afff!!!

Marcio Alves disse...

Gresder, o Isaias tem toda razão, sendo bem sincero quero te dar um conselho de um amigo:

Se você não aprender a valorizar os seus leitores, você acabará por ficar sem nenhum!!!
Como bem disse o Isaias, todos nós gastamos um tempo lendo as suas postagens, e lendo os comentários, o minimo que um blogueiro tem que fazer é comentar todos os comentários, e não fazer como você faz, que é um absurdo, pois além de não valorizar, você menospreza, comentando somente os que você acha interresante.

Cuidado amigo, pois se você não percebeu, os comentários em seu blog cairam muitissimo, antes era o blog mais comentando, agora já não é mais, será que isto não se deve pela sua falta de respeito pelos seus leitores???

Gresder, gresder, essa sua arrogancia de se achar auto-suficiente vai acabar te levando para o “buraco”!!!

Ou você só pensa em utilizar de suas postagens para escrever um livro???

Marcio Alves disse...

Lembre-se Gresder de mais uma coisa:
Antes é preferivel você até mesmo em seu comentário criticar o comentário de algum leitor, do que ser indiferente ao não comentar, pois o pior para um ser humano é ser tratado com indiferença!!!!

Outra coisa, você até mesmo poderia não comentar, dêsde que, você não comentasse nem um comentário, mas agora, comentar uns para deixar outros sem respostas é o cumulo do desprezo!!!!

Gresder Sil disse...

Márcio e Isaias eu NÃO tenho TEMPO assim como vocês e não vou fazer nada obrigado.

Paulinha disse...

GRESDER,

Que isso menino?! Olha eu não tenho nada a ver com a "briga" de vocês, mas com o conselho de amiga, eu peço para rever seus conceitos ....

Os seus leitores (amigos) estão se ausentando daqui, não porque seu texto deixou de ser bom, coisa e tal...muito pelo contrário, os seus textos estão ficando um melhor que o outro ....
Mas as pessoas estão se ausentando daqui, porque você próprio se ausentou ..... claro que todos nós entendemos o motivo de tudo isso, mas quando aceitou o compromisso com a reciprocidade, você não pensou que um dia poderia abandoná-la né?!

Uma vez selado o compromisso (pelo menos com os amigos), este deve ser considerado sempre...

Você chegou no meu blog hoje, descontando esta ira toda, somente porque eu lhe chamei a atenção por estar preocupada com sua ausência.....olha, não refiro a mim, mas uma vez que maltratamos, "ofendemos" ou tratamos com indiferença os amigos, nunca mais a amizade será a mesma!!

Beijos!!...Digo isto como amiga, e desde que o conheci prezo por sua amizade...e tenho muita consideração por você e todos os amigos.

Gresder Sil disse...

Sabe Paulinha esses dias me deu uma vontade enorme de parar de blogar...eu não faço nada por obrigação que não me seja essencial a vida, tornando todo dever um prazer, e deve ser por isso que eu não acredito em...

Postar um comentário

.
“todo ponto de vista é à vista de
um ponto, nos sempre vemos de um
ponto, somente Deus tem todos os
pontos de vista e tem a vista de
todos os pontos.”
.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...